CIA libera 2.000 documentos com investigações secretas de OVNIs

A divulgação atende pedido do administrador do site BlackVault, que digitalizou os relatórios iniciados na década de 50




A CIA, Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos, acaba de ter todos os seus documentos relacionados a OVNIs divulgados na internet. Após um esforço do site The Black Vault, agora é possível consultar toda a documentação do projeto hoje chamado UAP (Unindentified Aerial Phenomena), que conta com registros, até então, ultrassecretos acumulados ao longo de mais de 50 anos.


Os documentos, já desclassificados, foram publicados no site The Black Vault pelo autor John Greenewald no dia 7 de janeiro, em uma publicação chamada "UFOs: The Central Intelligence Agency (CIA) Collection", ou "OVNIs: A Coleção da CIA". "Abaixo você vai encontrar uma coleção de arquivos da CIA relacionados a OVNIS", diz a postagem.


O The Black Vault vem, há anos, pesquisando e compartilhando documentos não-governamentais sobre objetos voadores não-identificados desde a década de 1990, segundo John Greenewald Jr., que também é o fundador do site. Alguns dos documentos publicados na página já foram vistos antes, mas os registros completos foram obtidos após o site ter em mãos um CD-ROM que, de acordo com a CIA, possui toda a sua coleção de registros sobre OVNIs, incluindo informações inéditas.


"Recebi uma caixa grande, de alguns milhares de páginas, e tive que digitalizá-las uma página de cada vez", afirmou ele ao site da revista VICE. "Mesmo para quem não acredita em discos voadores, isso é parte da história do país". - John



Greenewald Jr

A coleção completa conta com 2.780 páginas de documentos, o que para Greenewald Jr. é uma conquista após anos de luta a favor da liberdade de acesso à informação e transparência de dados. No entanto, como o fundador do site afirma, não há como verificar se a coleção de arquivos recebidos pela CIA está, de fato, completa, e se ainda há dados que irão permanecer em sigilo pela agência governamental.


A divulgação dos arquivos, no entanto, não traz respostas sobre a vida em outros planetas, uma vez que o flagra de um OVNI não significa, necessariamente, que se trata de naves extraterrestres. São classificados como OVNIS quaisquer objetos avistados no céu em que não é possível verificar a sua procedência. Como diz o próprio Greenewald, ao menos, agora, as pessoas têm acesso fácil a documentos importantes para tirar as suas próprias conclusões sobre o que está acontecendo no setor.


Você pode conferir os documentos e fazer o download aqui.


Fonte