DNA humano de 400 mil anos intriga cientistas. Nosso planeta teria sido habitado por diferentes espé


imagen_874

Novas questões sobre o nosso passado começaram a ser levantadas a partir da análise do DNA desse osso, que pertenceu ao Homo heidelbergensis, no que se configura como o mais antigo DNA humano sequenciado até o momento. Uma análise do DNA mitocondrial deste material, realizada por cientistas espanhóis e alemães, revelou que estes antepassados estariam relacionados aos hominídeo de Denisova e não ao homem de Neandertal, como se acreditava até então e como apontavam suas características anatômicas.

A impressionante descoberta parece demonstrar que a história evolutiva do ser humano não é necessariamente tão linear como se pensava: na verdade, assemelha-se mais a uma rede intricada de intercâmbio genético, determinada tanto pelas mudanças geográficas entre as populações quanto pelo contato sexual entre diferentes espécies.

Fonte: History Channel Dica do leitor Luis Sdr

#AlienígenasdoPassado #Mistério #VerdadeOculta