Kepler 62 um Sistema Solar com duas Terras?

Cerca de 1.200 anos-luz de distância da Terra, cinco planetas estão orbitando uma estrela semelhante ao Sol, na constelação de Lyra, dois dos quais estão fortuitamente localizados na zona habitável, região que permite a existência de água no estado líquido em sua superfície, uma condição necessária para a vida como a conhecemos.


“Estamos particularmente satisfeitos por descobrir que existem dois planetas na mesma zona habitável,” disse William Borucki, cientista da NASA. “Isso dobra nossas chances de encontrar um planeta como a Terra nesse sistema solar. Quando pensamos sobre o nosso, se Marte fosse um pouco maior, e Júpiter não estivesse tão perto, teríamos dois planetas na zona habitável e talvez teríamos um outro mundo para morar.

Os planetas recém-descobertos são o par mais externo circundando uma estrela conhecida como Kepler-62. O planeta mais distante, Kepler-62F, é 1,4 vezes maior do que a Terra e orbita sua estrela em 267 dias. O outro planeta, Kepler-62e, é 1,6 vezes maior que a Terra e orbita sua estrela a cada 122 dias.

Para descobrir um exoplaneta, o Kepler analisa seu trânsito em frente á estrela, proporcionando uma variação no brilho que pode ser detectada pelos instrumentos do telescópio.

“Temos no momento milhares de candidatos a planetas”, disse Borucki. “Você escolhe um, gasta muito tempo e esforço para estudar esse determinado mundo, e isso é uma tarefa demorada”.

Os cientistas ainda não confirmaram os mundos Kepler-62. O observatório não tem funcionado por tempo suficiente para confirmar os trânsitos de quaisquer planetas com períodos orbitais mais longos. [Discovery News]

Via http://misteriosdomundo.com


© Foto: NASA

Dica de filme envolvendo o tema:


A-Outra-Terra